terça-feira, 3 de novembro de 2009

Músicas de fazer arrepiar - 11

Sábado à noite, como a Esteva bem disse, fomos à missa. Mas não para ouvirmos um sermão ou expiarmos hipocritamente os nossos pecados. As palavras foram outras; sábias e muito mais intemporais que os escritos bíblicos. Os sons foram muito mais alegres e melódicos que os cantos religiosos monocórdicos que enchem as paróquias desse Portugal profundo.
Fausto, Sérgio Godinho e José Mário Branco não estão fora de moda. Tal como a liberdade não está fora de moda. Encheram duas vezes o Coliseu do Porto e, pelas manifestações que pude assistir, parece que encantaram, alegraram e insuflaram o moral de muitos. Eu cá arrepiei-me (e muito!) com as suas vozes, balancei com os seus ritmos e senti-me feliz por poder partilhar aqueles momentos com algumas das pessoas que preenchem o meu coração.

"A Ouro e Prata", Fausto

"Que força é essa", Sérgio Godinho

"Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades", José Mário Branco

3 comentários:

miss.me disse...

que maravilha! foi lindo, de facto!

J. disse...

e foi numa igreja?

Venus as a boy disse...

Não, foi no Coliseu do Porto. Recordo que há uns anos ia ser transformado numa igreja da IURD, isto se a sociedade civil não tivesse manifestado o seu desagrado pelo facto de ir perder essa sala de espectáculos tão emblemática.