segunda-feira, 11 de abril de 2011

O fifi desapareceu

É verdade, o meu companheiro de estrada dos últimos dez anos desapareceu à porta de casa. De manhã vou buscar umas laranjas que tinha deixado na mala e pronto, já lá não estava onde tinha deixado na noite anterior. Tão simples quanto isso.
Este acontecimento fez-me entrar pela primeira vez numa esquadra da polícia e perceber que os senhores agentes estão mais afáveis e eficientes. E pelos vistos não fui o único a ser bafejado pela "sorte", mais dois vizinhos foram premiados com este amargo presente.
Dizem que 70% dos carros roubados aparecem, mais cedo ou mais tarde. É esperar para ver se sim e que em estado aparecerá.

5 comentários:

Ana disse...

Vai sim ,vai aparecer rápidinho o namorado do DQ.
a.p.

petroy disse...

ui! força aí ! (fingers crossed)

Esteva disse...

mas não te esqueças de o ir procurando,lembra-te da história edificante de que te falei. se calhar aparece quando acabar a gasolina... e se conheceres os locais do submundo do crime gaiense portuense só tens de cirandar por lá, discretamente. Eu voto em que aparece! Beijo.

Anónimo disse...

que azar...
se calhar dá menos trabalho arranjar uma coisa em 5.ª mão...
renegade

Berta disse...

Ele aparece, nao te preocupes. Por alturas da passagem de ano, roubaram o carro de um colega meu lá do trabalho e apareceu uma semana depois, ainda não tinha ele gasto as senhas que tinha comprado para o autocarro.